Um assunto muito importante para quem vive em condomínios é a saúde financeira do mesmo, assim como a devida aplicabilidade dos recursos arrecadados.

Comumente ouvimos reclamações a respeito da gestão de síndicos e administradoras de condomínios, e deixando de lado questões pessoais, grande parte dessas queixas é sobre a transparência e regularidade das prestações de contas.

Encontramos hoje no mercado bons síndicos profissionais, qualificados e atualizados para o exercício da profissão. No entanto, a maioria dos condomínios ainda é administrada por síndico morador quase sempre sem experiência.

Falta de experiência e também de interesse é característica da maioria dos membros dos conselhos fiscais, a quem compete a importante função de dar o parecer sobre as contas do condomínio.

A fórmula ‘falta de experiência’, somada com a ‘má-fé’, seja de prestadores ou mesmo síndicos mal intencionados pode culminar num grande prejuízo para os condomínios e consequentemente para o bolso dos condôminos.

Para fugir dessa armadilha, o condomínio, na figura do síndico e do conselho fiscal encontram o respaldo e orientação da Auditoria e Perícia preventiva e permanente para assegurar transparência e regularidade nas prestações de contas.

Abaixo, alguns dos principais benefícios da Auditoria e Perícia para os condomínios:

  • Confiabilidade e eficácia nas informações e relatórios de prestação de contas;
  • Avaliação dos controles internos, visando minimizar os riscos financeiros, trabalhistas e tributários;
  • Prevenção de fraudes;
  • Verificação de eventuais irregularidades cometidas, como concessão de descontos indevidos, favorecimento de fornecedores e desvios de recursos com documentos falsos;
  • Economia com redução no pagamento de multas e juros, principalmente no recolhimento irregular de impostos.

Antes de contratar um auditor ou perito, verifique se o profissional escolhido tem registro no Conselho Regional de Contabilidade e dê preferência para profissionais com experiência nessa área de atuação, já que a modalidade de perícia e auditoria em condomínios ainda é recente e pouco divulgada.

Evite que o auditor ou perito seja indicado pela administradora de condomínios e busque referências. O profissional deve ser independente e atuar com ética e idoneidade.

Janaina Codo Rigo, proprietária da Perfil Contabilidade, graduada em Ciências Contábeis e pós graduada em Gestão Financeira, Controladoria, Auditoria e Governança Corporativa. Atua há mais de 10 anos na área de Finanças, Controladoria e Perícia Contábil e Financeira.

Artigo original em: Directa Cobranças e Negociações